TRABALHADORES EM LUTA


"Os bravos da companhia"

Apesar do “Meio Século” não ser um blogue de actualidades, não posso deixar de referir aqui a grandiosa manifestação dos trabalhadores da Função Pública, que se realizou ontem em Lisboa e na qual tive o prazer de participar. Embora nos últimos anos não tenha colaborado neste tipo de actividades, participei num passado já longínquo em muitas manifestações, realizadas em Lisboa e também noutras cidades depois da revolução de Abril, no período épico do chamado PREC (Processo Revolucionário em Curso).
A manifestação de ontem fez-me recordar um pouco esses tempos, mas só pelo grande número pessoas nas ruas, porque os motivos para a sua realização são agora diferentes. Naquele tempo lutava-se pela conquista de direitos que não estavam atribuídos; agora luta-se contra a sua sonegação. Depois de muitos combates na rua, conquistaram-se direitos que ficaram consagrados na lei, que agora são completamente desbaratados. Mas se esses direitos foram conquistados com o esforço e a luta dos trabalhadores, não tenhamos dúvidas de que só mantendo esse espírito, com a união de todos, será possível conservá-los. A História tem-nos dado esses exemplos, como se viu recentemente com luta dos professores contra o seu processo de avaliação.

De resto, creio que não existe nenhum trabalhador que não queira ser avaliado. O que se deseja é uma avaliação isenta e justa, e não esta que tem como única finalidade o economicismo, diminuindo assim   a retribuição dos trabalhadores. O sistema de quotas é, quanto a mim, um pau de dois bicos, pois se por um lado pode servir para impedir a avaliação uniforme usada anteriormente, que também não era boa, pode e será certamente, na maioria dos casos redutora de uma avaliação adequada, devido à baixíssima percentagem das quotas para “Muito Bom” e “Excelente”. E, além disto, pode acontecer ainda que os avaliadores, para evitar complicações e conflitos, optem por nivelar o pessoal todo por baixo, o que além de deplorável, teria o condão de um retorno às antigas avaliações, com a agravante de neste caso existir uma despromoção, com claro prejuízo para os avaliados.

Se este sistema de avaliações for para a frente, e tudo indica que sim, o que se pode pedir é que os avaliadores, além de um sentido de justiça e imparcialidade, tenham prefeito conhecimento do trabalho desenvolvido pelo avaliado, pois só assim poderão actuar em conformidade.

Quanto aos aumentos, que era outro dos motivos da manifestação e, dado o ponto a que as coisas chegaram, com o congelamento declarado dos salários e, uma vez que comecei a ser politicamente incorrecto, continuo dizendo que até concordo com o congelamento ou até redução de vencimentos, desde que sejam praticados a partir de um determinado montante, pois não me parece possível, sem entrar numa actuação desumana, reduzir ordenados de pouco mais de 500 euros.

Mas não me parece que uma medida de redução de vencimentos seja alguma vez tomada, pois não consigo imaginar os “profetas da desgraça”, aquelas “aves agoirentas”, que estão sempre a “envenenar” o governo contra os trabalhadores da função pública, estejam dispostos a abdicar de um cêntimo que seja dos seus rendimentos milionários. O nosso ministro das finanças já disse que se fosse necessário o faria, o que acredito, mas não me parece que nesse campo tenha muitos seguidores.

O início da manifestação nos Restauradores

Na Rua Áurea, Jerónimo de Sousa, cumprimenta os manifestantes

No final da manifestação, o discurso de Carvalho da Silva

Comentários

  1. Olá boa noite
    ´´´´¶¶¶¶¶¶´´´´´´¶¶¶¶¶¶´´´1 Beijo
    ´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´´1 Abraço
    ´¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´´´¶¶¶¶´´´1 Carinho
    ¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´´´¶¶¶¶´´´1 Obrigado
    ¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´¶¶¶¶¶ ´´´1 Sorriso
    ¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶ ´¶¶¶¶¶´´´1 Bom dia
    ´¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´ 1 Boa tarde
    ´´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´´ 1 Boa noite
    ´´´´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´´1 Boa sorte
    ´´´´´´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´´1 mar tranquilo
    ´´´´´´´´´¶¶¶¶¶¶¶¶´´´ Ou até mesmo
    ´´´´´´´´´´´¶¶¶¶´´´ Apenas um olá!
    ´´´´´´´´´´´´¶¶
    E muitos
              

    ,¡|i¹i|¡, .        ,¡|i¹i|¡,  
    ¹i|¡,¡|i¹.      ..¹i|¡,¡|i¹ .

         ,¡|i¹i|¡, .    
         ¹i|¡,¡|i¹.   
    ,¡|i¹i|¡,        ,¡|i¹i|¡,       ,¡|i¹i|¡,  .
    ¹i|¡,¡|i¹.     .¹i|¡,¡|i¹     ..¹i|¡,¡|i¹  

       ,¡|i¹i|¡, .         .,¡|i¹i|¡, . 
       ¹i|¡,¡|i¹.        ¹i|¡,¡|i¹. 

    Hoje em especial visite meu blog
    BOA SEMANA!!!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelo apoio e pelo carinho

    "Não existem lutas fáceis, todas elas nos cobram suor ou lágrimas. O que não podemos é parar no tempo lamentando derrotas ou nos glorificando com as vitórias, pois o grande vencedor da vida é aquele que continua lutando sempre".

    Beijinhos

    ResponderExcluir

Postar um comentário