GERADOR EÓLICO MUITO FÁCIL DE FAZER


O gerador eólico que apresento nesta página é facílimo de construir. Recorrendo a uma velha máquina de lavar roupa, uma escora metálica telescópica e um bocado de tubo de pvc, fiz uma máquina bem segura, com um visual espectacular, capaz de enfrentar ventos fortes e até produzir alguma energia...

A verdade é que esta engenho caseiro se destina  apenas a acender uma lâmpada e, eventualmente, carregar uma pequena bateria, mas a sua finalidade principal é decorativa, pois apliquei-lhe refletores que, à noite, quando alguma luz incide sobre as pás em movimento ou até durante o dia com a a própria luz do sol, esses refletores brilham lançando chispas douradas o que faz com que a máquina tenha um visual muito atraente. Se estiver num ponto onde a luz dos automóveis a atinja esta máquina tem um efeito espectacular.

RECICLAGEM DE UMA ARCA CONGELADORA

É incrível a quantidade de frigoríficos, televisores, sofás, e muitas outras coisas do género que são lançadas na natureza por pessoas que não terão qualquer sensibilidade ecológica. Muitos desses artefactos são atirados para barrancos, mas, pior do que isso, são os que são lançados para rios, ou ribeiros que acabam por ficar presos nos seus leitos ou em árvores, com a poluição que daí advém e o natural prejuízo para o nosso ecossistema. Ainda não há muito tempo encontrei um monitor de computador preso no tronco de um salgueiro, nas margens de um rio. Quem o para lá atirou certamente alguém muito desinformado, provavelmente terá pensado que os peixes quisessem aprender informática…

VISITA À CABANA DE DICK PROENNEKE


Dick Proenneke, durante uma pausa nos trabalhos da construção da sua cabana de troncos.
Richard Proenneke, cujos amigos chamavam de Dick, é um ícone de valores selvagens e uma inspiração para aqueles que valorizam a simplicidade, a conexão direta com a natureza, a auto-suficiência e a engenhosidade.

SUBSTITUIÇÃO DE ÁRVORES DE FRUTO

Este inverno arranquei várias árvores de fruto do meu pomar. Elas produziam fruta em abundância e resolvi substitui-las por outras que não sei se vão produzir alguma coisa.

Este parágrafo introdutório pode parecer indicar uma ação estúpida. Arrancar árvores que dão fruta para as trocar por outras que não se sabe se vão produzir, pode parecer estranho e ser um caso que exige uma boa justificação.

Recorri ao auxílio da moto-enxada para arrancar as árvores.
Claro que eu não iria arrancar árvores produtivas e substituí-las por outras se não fosse por um bom motivo. Arranquei três pessegueiros, uma ameixeira e uma romãzeira, mas esta última foi para a mudar de local. Estive também tentado a arrancar uma macieira, mas essa operação foi, para já adiada. O motivo, quanto aos pessegueiros é muito simples: é verdade que os pessegueiros davam muita fruta, mas infelizmente e por muitos tratamento que lhes desse, era muito difícil conseguir aproveitar alguma peça de fruta. Os pêssegos enchiam-se de bichos e começavam a cair da árvore quando ainda não estavam completamente maduros. Causava algum desespero ver o chão coberto de pêssegos completamente inaproveitáveis, depois de muito trabalho e dinheiro gasto na aplicação de produtos nocivos e ainda por cima completamente ineficazes.

A MENINA PEDREIRA


No Youtube é possível encontrar vídeos que tratam dos mais variados assuntos. Em muitos desses vídeos encontram-se pessoas simplesmente a falar sobre coisas ridículas, ou até absurdas e ficamos espantados com a enorme quantidade de visualizações e seguidores que têm, mas felizmente também é possível encontrar vídeos muito bons, que ensinam as pessoas a fazer coisas úteis e que têm, esses sim, o merecido sucesso.