TAPAR BURACOS GRANDES NOS TETOS


Tapar com cimento um buraco grande num teto pode parecer difícil, mas há uma maneira de fazer esse trabalho que o torna extremamente fácil de realizar. Não aparecem buracos nos tetos por “dá cá aquela palha”, isso normalmente só acontece quando são provocados, ou seja quando são feitos por mão, por um motivo qualquer.

Mas, nas casas em construção, nos tetos ainda por acabar é frequentar aparecerem buracos grandes nas tijoleiras, pois existe sempre uma ou outra peça que parte por um motivo qualquer.


Para qualquer profissional da construção não há segredo algum para fazer um trabalho de “xaxa”, como seja o de tapar um buraco num teto e, portanto, este post em princípio não se destina a nenhum pedreiro, mas sim àquelas pessoas que não são da área da construção civil, mas que podem ter necessidade de fazer um trabalho dessa natureza e não conhecem a melhor maneira de o fazer.

Para tapar um buraco num teto, seja numa obra já acabada ou nas tijoleiras de uma obra em construção, basta colocar um bocado de massa em cima de uma tábua um pouco maior do que o buraco e apertar essa tábua de encontro à laje com uma escora. A escora pode ser um pau qualquer que não precisa de ser muito grosso e que terá de ser cortado à medida antes de colocar a massa na tábua. A quantidade da massa a colocar na tábua deve ser um pouco superior ao necessário, devendo ser calculada de acordo com o tamanho do buraco e depois apertar a massa esfregando um pouco a tábua de encontro à laje para retirar o excesso e para que não fique massa entre a tábua e a parte do teto que rodeia o buraco. De seguida coloca-se o pau a aperta-se o mesmo contra a tábua.

No dia seguinte a escora pode ser retirada e, caso seja num teto já acabado, deve-se raspar alguma massa para arranjar espaço para a massa de acabamento.
 
E pronto… já está! Afinal, tapar um buraco no teto é dos trabalhos mais fáceis de fazer em construção!

Vídeo exemplificativo 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário :

Postar um comentário