HISTÓRIA DE UMA CASA DE TRONCOS

A casa de troncos de Richard Proennek.

No artigo deste blogue, construir uma casa de troncos, encontra-se a foto de uma casa, ou cabana de troncos, que tem, por detrás, uma história fascinante. Trata-se da casa de Richard Louis "Dick" Proennek. Este homem foi um amador naturalista que viveu sozinho durante quase trinta anos nas montanhas do Alasca, naquela casa de madeira que ele próprio construiu, perto da costa de Twin Lakes. Eis um pouco da história dessa casa e do homem que a construiu:


Lareira de pedra na parte de trás da casa.

Richard nasceu em 4 de maio de 1916, na pequena cidade de Primavera, localizada em Harrison Township, Lee County, Iowa. Ele era o quarto de seis filhos de William Christian Proenneke, um americano que serviu na primeira guerra mundial e de Laura Proenneke. 

Proenneke serviu na Marinha dos Estados Unidos, como carpinteiro, durante a Segunda Guerra Mundial. Mais tarde foi para uma escola adquirir conhecimentos para enveredar pela profissão de mecânico de motores. A combinação da sua alta inteligência, adaptabilidade e forte ética de trabalho, transformaram-no num profissional muito hábil.

Apesar da sua destreza nessa profissão, Proenneke rendeu-se ao seu amor pela natureza e decidiu mudar-se para Oregon, afim de trabalhar numa fazenda de ovelhas. Depois, em 1950, viajou até à ilha de Shuyak Island, no Alasca, para trabalhar como operador de equipamento pesado e reparador na Estação Aérea Naval de Kodiak. Depois disso, passou os anos seguintes trabalhando em todo o Alasca, tanto como pescador de salmão, como de mecânico. Esteve ao serviço do “Fish and Wildlife Service” em King Salmon, na península do Alasca. As suas habilidades como mecânico eram bem conhecidas e extremamente procuradas e ele foi capaz de juntar um razoável pecúlio para viver a sua aposentação.

Richard Proenneke aposentou-se da sua carreira de mecânico em 1967. Ele passou o verão desse ano a explorar a região de Twin Lakes procurando o local ideal para construir uma cabana de troncos, construção que iniciaria no próximo ano.

Proenneke voltou a Twin Lakes em 21 de maio 1968 e começou a cortar as árvores para a sua casa de troncos…

Ele foi originalmente introduzido na área de Twin Lakes por amigos que fez enquanto trabalhava na Base da Marinha, em Kodiak. Um capitão da Marinha aposentado e sua esposa, Spike e Esperança Caruthers, que tinham uma cabana na zona, convidaram Richard para viver em sua casa, enquanto este construía a sua própria habitação. 

Richard construiu a sua cabana usando apenas ferramentas manuais, sem qualquer aparelho elétrico ou motorizado e ainda construiu, ele próprio, algumas das suas ferramentas.



Richard Proennek sentado a descansar junto à sua casa de troncos em construção.

A casa é, pois, toda construída à mão. Os talentos de Proenneke como carpinteiro são visíveis nas paredes e em toda a estrutura que foi feita de madeira, Na base, utilizou árvores selecionadas que foram assentes em cascalho retirado do lago. As aberturas das janelas foram pré-planeadas e a madeira cortada de forma adequada. A lareira e chaminé foram feitas de pedras devidamente assentes em argamassa e o telhado foi coberto de musgo e de forma a ficar impermeável.

A cabana de Dick media 11 por 14m. Para além da habitação, ele teve que construir também toda a sua mobília: cadeiras, mesas, balcão e beliche. Construiu ainda um pequeno armazém do lado de fora da casa, assente em cima de quatro troncos altos, de forma a guardar a comida fora do alcance dos animais.


O interior da habitação.

Proennek usou recipientes de metal para armazenar comida e cortou recipientes em forma de bacias, que enterrou abaixo da linha de gelo. Isso garantia que as frutas e produtos perecíveis ficassem armazenados por períodos prolongados na terra fria, e ainda estar acessíveis quando o frio de inverno congelava o solo acima deles.

Richard permaneceu em Twin Lakes durante o 16 meses seguintes, após o que regressou a casa por um tempo, para visitar parentes e garantir mais suprimentos. Voltou para os lagos na primavera seguinte e lá permaneceu nos trinta anos seguintes, regressando a casa apenas ocasionalmente para estar com a sua família.

Richard Proenneke é um ícone de valores e uma inspiração para aqueles que valorizam a simplicidade, a conexão direta com a natureza, autossuficiência, e engenhosidade. Um mestre artesão dedicado a viver simplesmente da terra, que usou materiais locais e ferramentas simples para criar um lar e viver em harmonia com a natureza.

Armazém para guardar alimentos fora do alcance dos animais aelvagens.

Usando um tripé, Proenneke filmou todo o processo de construção da sua casa de troncos e apesar de ter escolhido viver numa localização remota, manteve muitas amizades e escreveu de volta a todos os que lhe enviaram uma carta. Ele via a sua correspondência, filmes e revistas como uma maneira de compartilhar a sua vida solitária com o mundo. Embora convictamente independente, não era um eremita.

A sua cabana destaca-se agora como o melhor exemplo dos milhares de cabanas de madeira construídas nas florestas do Alasca, durante o século passado.

Richard Proenneke deixou Twin Lakesem 1999. Ele tinha 82 anos e o trabalho físico duro e o frio extremo estavam ficando difíceis de suportar.  O seu irmão Raymond convenceu-o a morar com ele na Califórnia e foi lá que Dick passou os restantes três anos da sua vida.

Proenneke doou sua casa de troncos ao Serviço de Parques dos EUA, que agora faz parte do Parque Nacional do Lago Clark. Morreu em 28 de abril de 2003.



Documentário sobre Richard Proennek e a sua casa de troncos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário :

Postar um comentário