Os primeiros geradores eólicos caseiros do mundo

O primeiro gerador de eletricidade foi construído em 1887 por James Blyth, um professor e engenheiro escocês. Blyth foi um pioneiro no campo da geração de eletricidade através da força dos ventos e a sua turbina eólica que foi usada para iluminar sua casa de férias em Marykirk , foi a primeira estrutura do mundo conhecida pela qual a eletricidade era gerada a partir da energia eólica.

O primeiro gerador eólico de James Blyth
O primeiro gerador eólico de James Blyth

Em julho de 1887, Blyth construiu uma turbina eólica de pano (ou "moinho de vento") no jardim da sua casa de campo  em Marykirk e usou a eletricidade produzida para carregar os acumuladores; a eletricidade armazenada era usada para acender as luzes da sua habitação, que assim se tornou a primeira casa do mundo a ser alimentada por eletricidade gerada pelo vento.  Em um artigo entregue à Sociedade Filosófica de Glasgow em 2 de maio de 1888, Blyth descreveu a turbina eólica como sendo “de tripé, com um defletor de 33 pés, quatro braços de 13 pés com velas de lona e um Burgin, dínamo acionado a partir do volante usando uma corda ". A turbina produzia energia suficiente para acender dez lâmpadas de 25 volts com uma "brisa moderada" e poderia até mesmo ser usada para alimentar um pequeno torno.

A turbina construída em 1895  para o Asilo Lunático Montrose
A turbina construída em 1895
 para o Asilo Lunático Montrose
Nos anos seguintes Blyth trabalhou na construção de uma nova turbina, tendo ensaiado vários projetos diferentes.  O projeto final operou nos 25 anos seguintes e produziu eletricidade que excedia as suas necessidades de consumo, pelo que  Blyth ofereceu ao povo de Marykirk essa eletricidade excendente para iluminar a rua principal da cidade. Mas sua oferta foi rejeitada, já que as pessoas achavam que a eletricidade era "o trabalho do diabo". Em novembro de 1891, Blyth recebeu uma patente britânica do seu "motor eólico" e em 1895  licenciou a empresa de engenharia de Glasgow, Mavor e Coulson, para construir uma segunda turbina melhorada, que foi usada para fornecer energia de emergência para o Asilo Lunático, Enfermaria e Dispensário de Montrose. Esse sistema operou com sucesso durante 30 anos.
Fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/James_Blyth_(engineer)

Em Portugal a utilização de turbinas eólicas para fornecimento de energia a habitações também já remonta a várias décadas atrás. Embora pouco se saiba sobre isso, encontrei há dias, numa aldeia, um pequeno gerador eólico já bastante deteriorado que se encontra montado numa torre de ferro (semelhante às torres que são usadas nos moinhos de bombagem de água). Essa torre foi colocada no pátio da casa e, segundo informações do proprietário, esse gerador foi usado para iluminação da casa até aos 70, antes da chegada da eletricidade à aldeia.

Um modelo antigo de gerador eólico, usado em habitações.

Um modelo antigo de gerador eólico, usado em habitações.
Um modelo antigo de gerador eólico, usado em habitações.

TALVEZ GOSTE TAMBÉM DE...

Comentários