OS AMIGOS DO MENINO JESUS


http://clickeaprenda.blogspot.com/2011/05/vai-pra-rua-menino.html
Nos meus tempos de criança, os meninos da minha aldeia não conheciam o Pai Natal. Os nossos pais diziam que era o menino Jesus que nos trazia as prendas, mas nós sabíamos que não era assim, no entanto aceitávamos isso com naturalidade, pois tínhamos um grande respeito e amor pelo menino e assimilávamos esse facto como uma realidade que desejávamos.

No dia de Natal, pela manhã, saíamos para a rua e exibíamos as nossas prendas. Eram coisas simples: um pacote de rebuçados, umas peúgas, uma camisola ou uns sapatos e, na melhor das hipóteses, uma boneca ou um carrinho de corda. Não havia grandes diferenças no valor das prendas e nós sentíamo-nos felizes pois eram as dádivas que recebíamos do menino Jesus, através dos nossos pais.

Naquela altura todos fazíamos um presépio, pois não se usava muito a árvore de Natal. Nós íamos aos pinhais buscar musgo e até construíamos, nós mesmos, algumas imagens do presépio, utilizando barro amassado com o qual moldávamos as figuras que depois secávamos ao sol. Lembro-me até de termos feito tentativas para efectuar a sua cozedura no forno da broa, mas que não foram bem sucedidas pois não conhecíamos as técnicas da cozedura do barro e elas acabavam por estalar ou partir. Eram figuras muito toscas, mas misturadas com outras que conseguíamos comprar, fazíamos presépios bem bonitos.

Com o passar dos anos a figura do Pai Natal, personagem envolta em alguma polémica, devido à sua forte conotação comercial, foi-se enraizando e hoje diz-se às crianças que é o Pai Natal quem desce pela chaminé para colocar as prendas no sapatinhos das crianças.

Na minha opinião estas mudanças na tradição e na história do Natal, não são boas no entanto o mais importante é que todos sintamos o Natal como uma época de paz que se deve estender por todo o ano.

Oh, nosso amigo Jesus…
Que prenda nos vais trazer?
Traz-nos um pouco de luz
E a força do teu querer

Sabemos que gostas de dar
Mas, vê lá… tem cuidado!
Que as chaminés são estreitinhas
E podes-te magoar

Agasalha-te bem amigo
Que as noites estão fresquinhas
Espera por nós até de manhã
Para que possamos brincar!

Meio Século de Aprendizagens deseja a todos os seus leitores, especialmente aqueles que acompanham o blogue e que se interessam pelos assuntos simples de que trata, um Feliz Natal e um próspero Ano Novo. Obrigado por serem meus amigos!

Comentários

  1. muito tocante sua publicação meu amigo, sinto em suas palavras que teve uma infância simples porém muito feliz, não é mesmo? :D
    Um beijo de natal , muito carinho e um desejo forte de um ano vindouro cheio de muito bons momentos!

    Feliz 2012 !

    Sua amiga Cintia

    ResponderExcluir
  2. FELIZ ANO NOVO... CARO AMIGO
    Que o Novo Ano lhe traga tudo de bom para si e todos seus.
    As maiores felicidades e Vida Longa para o Blogue.
    Um abraço e até para o Ano
    Camilo

    ResponderExcluir
  3. Um Ano Novo muito feliz também para vós meus amigos Cintia e Camilo. Vocês têm sido espectaculares e contribuído para o engrandecimento do blogue. Às vezes, quando o desânimo se apodera de nós, uma palavra amiga é o incentivo perfeito para que sigamos em frente.
    Muito obrigado pelo apoio!
    José Alexandre

    ResponderExcluir
  4. Querido amigo , obrigada por esse ano de companhia no bloguinho e, um super novo ano!

    beijinho da tin :D

    ResponderExcluir

Postar um comentário