PONTES DO MONDEGO


Praia fluvial de Palheiros e Zorro.

A praia de Palheiros e Zorro, situada na freguesia de Torres do Mondego – Coimbra, tem uma nova ponte pedonal. Esta ponte, construída em madeira, foi inaugurada em 30 de Junho de 2012 e veio substituir a antiga travessia que se encontrava bastante degradada e que era uma construção bastante tosca, com a estrutura em madeira de eucalipto.

A estrutura da ponte em toros de pinho. Para melhor
aguentar a corrente foram-lhe aplicadas escora em diagonal.
Na estrutura da nova ponte foram utilizados toros de pinho tratado. O pinho mergulhado na água é bastante durável e, antigamente, construíam-se grandes pontes com as fundações assentes em estacaria de pinho verde. A vizinha ponte rodoviária da Portela, que foi desativada após a construção da nova travessia foi assim construída, segundo dizem algumas vozes antigas. Também, em Lisboa, as fundações dos edifícios da baixa pombalina assentaram nesse tipo de estacaria, cravada em terrenos de aluvião abaixo do nível freático, o que atesta a eficácia desse tipo de engenharia desde que as estacas estejam permanentemente submersas. Os toros de pinho seco quando sujeitos a tratamento adequado também não apodrecem facilmente, mesmo quando enterrados no solo, o que é bastante evidente perante o uso frequente deste material como postes telefónicos e vedações de toda a espécie. Assim, é de prever que a nova ponte pedonal irá permanecer segura por largos anos, pois até a anterior, que agora foi substituída, aguentou a pé firme algumas cheias.

O tabuleiro da ponte é de madeira com frisos antiderrapantes.
A nova ponte foi equipada com um tabuleiro construído com tábuas anti-derrapantes, assentes em vigamento de pinho galgado e foram-lhe aplicados corrimões de ambos os lados, o que assegura uma boa travessia.


Artigos relacionados:
Pontes que atravessam gerações (a antiga ponte submersa por uma cheia) 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário :

Postar um comentário