PORTÃO DE GARAGEM BARATO FEITO COM MATERIAIS RECICLADOS

No meu canal do Youtube, no vídeo “Como construir uma pequena chácara sustentável e barata” tenho recebido alguns comentários sobre o custo daquele projeto e que dinheiro seria necessário ter para se iniciar um trabalho semelhante.

A resposta a essa questão só pode ser esta: Para quem tiver gosto em fazer as coisas por mão própria, o já famoso “faça você mesmo” e não tiver pejo em procurar num aterro de obras, ou mesmo numa lixeira os materiais de que precisa; para iniciar a construção de uma pequena chácara e, desde que já possua um terreno para tal, não precisa de quase dinheiro nenhum.

Portão de estores de pvc - colocação dos estores

Vou dar, um pequeno exemplo de como isso pode ser feito, utilizando materiais encontrados no lixo, neste caso para fazer o portão de uma pequena garagem agrícola. Trata-se de um portão onde utilizei madeira de restos de obras e persianas ou estores de pvc que estavam abandonados e que talvez sejam provenientes de casas demolidas, ou que terão sido substituídos por outros pelos anteriores proprietários.

Para além da madeira e das persianas, utilizei também três dobradiças e uma fechadura que aproveitei de uma porta velha, alguns pregos e cola de montagem forte.

De todos estes materiais, apenas comprei a cola, que custou 3,50 euros e os pregos que custaram 0,50 euros tendo ficado tudo por cerca de 4,00 euros, (15 reais) o que é um preço muito diminuto para o portão de uma garagem que é leve, resistente e durável e que atende perfeitamente às minhas necessidades.




Comecei por fazer o esqueleto do portão, utilizando tábuas que tinha guardadas provenientes de restos de obras, mas que não tinham qualquer sinal de podridão. De seguida fiz o encaixe das peças dos estores, uma a uma, porque não tinha peças suficientes com o comprimento desejado. Assim entremeei as peças inteiras com outras mais curtas, ficando a emenda no meio do portão.


De seguida, risquei com um lápis as peças de pvc para serem cortadas à medida.


A chácara não tem eletricidade, tendo recorrido a uma serra manual para cortar os estores. O ideal seria uma serra tico-tico, ou uma rebarbadora elétrica, mas as peças de estores são fáceis de cortar.

Depois enrolei os estores e coloquei cola de montagem sobre as tábuas do esqueleto do portão, A cola foi o produto mais caro que foi empregue na construção do portão, mas é o que lhe vai dar mais resistência, ficando todo o conjunto quase como se fosse de uma só peça, uma vez que todas as peças se encontram encaixadas umas nas outras.


Depois de ter as peças colocadas sobre a cola e devidamente acertadas, apliquei no portão alguns pregos de cabeça muito larga, para dar ainda mais resistência ao conjunto, mas, sinceramente, acho que não seria necessário, porque a cola era forte e fixou perfeitamente as peças de pvc à madeira. 


Nesta imagem já estou a colocar o portão nas dobradiças, uma vez que estas já tinham sido aparafusadas à coluna, ou ombreira de suporte e também ao esqueleto de madeira, aquando da feitura deste último.


Agora estou a fazer o buraco para a introdução da chave na fechadura. De notar que estou a utilizar um trado, uma ferramenta muito antiga, que permite fazer furos com um diâmetro superior aos berbequins ou furadeiras eletricas tradicionais, embora existam brocas adaptadas para fazer furos mais largos com furadeiras pequenas.


Finalmente, estou a colocar a fechadura, estando o portão praticamente concluído. A seguir está um vídeo onde os estimados leitores poderão, caso queiram, visualizar mais em pormenor este trabalho.



Comentários