MEIO ANO DE APRENDIZAGENS

No próximo domingo, dia 31 de Janeiro, o blogue completará seis meses de vida, o que quer dizer que o “Meio Século” está a aumentar e as “Aprendizagens” também. Sim, porque isto de ter um blogue é uma experiência muito enriquecedora, não só em termos dos conhecimentos que se adquirem a nível informático com a manutenção do blogue, mas também com a interacção com os leitores que deixam comentários, o que é deveras gratificante.

Devo dizer que a minha experiência neste campo, à data do início do blogue, era completamente nula e mesmo a nível de trabalho com computadores e mais especialmente de navegação na Internet, apenas começou verdadeiramente há pouco mais de um ano, quando iniciei o processo de RVCC (Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências) de nível Secundário. Em grande parte este processo foi o responsável pela minha entrega a este tipo de trabalho, pois teve o condão de despertar em mim o gosto pela escrita, que sempre tive, mas que andava há vários anos bastante adormecido.

Quem gosta de escrever, gosta que os outros leiam o que escreve e penso que isso é um facto incontornável. Se não, que gosto é que poderia ter quem escrevesse textos muito lindos, boas obras literárias, se depois ninguém os lesse?

É por isso que os leitores são a parte mais importante de qualquer livro ou blogue e são, acima de tudo, a razão da sua existência. No caso de blogues como este, que são mantidos apenas pelo gosto pela escrita e pela vontade de produzir algo que possa ser útil e enriquecer o conteúdo da Internet, eles assumem uma importância especial pois são a única recompensa pelo trabalho e esforço dispendidos.

Não foram fáceis os primeiros meses do “Meio Século”, talvez devido a uma certa indefinição de rumo, mas penso que muitos blogues, principalmente os que são feitos por pessoas inicialmente inexperientes, como eu, sentem as mesmas dificuldades no começo, que acabam por ser vencidas. Creio mesmo que este blogue está agora no bom caminho e a conquistar um espaço neste imenso universo, o que está a ser comprovado não só com o aumento do número diário de visitas nos últimos meses, mas sobretudo com o interesse que alguns artigos têm despertado, o que faz com muitos visitantes permaneçam por largos minutos no blogue.

O artigo “Gerador Eólico Caseiro” tem sido o mais visitado e é também o mais internacional, pois a maior parte dos seus leitores são brasileiros, o que parece indicar o grande interesse pela construção de aparelhos artesanais para produção de energia naquele país.

Mas o artigo que me dá a maior satisfação é “O fim do Grupo nº 1 de Escolas da Armada”, não pelo que foi escrito, pois relata o fim indesejado daquele estabelecimento militar, mas sim pela interacção que tem existido com os leitores, na sua maioria ex-marinheiros que por ali passaram, que têm feito comentários onde deixam bem patente a sua tristeza pelo encerramento desse grupo de escolas e a nostalgia que sentem por esse período épico da sua juventude. É por isso que esse tema, assim como outros que já escrevi sobre essa área e outros que tenciono escrever, manter-se-ão certamente sempre actuais, a par de outros que serão de interesse geral, pelo que creio que o blogue tem o futuro assegurado e sem fugir do seu alinhamento terá sempre matéria para publicar e será um “Meio Século” sempre a crescer.

Comentários