AS OBRAS DE UM MARINHEIRO

A Internet, apesar dos malefícios que se lhe reconhecem é, sem dúvida, um meio muito importante na união e encontro de pessoas e também de aquisição de conhecimentos, que dificilmente seriam possíveis obter se não fosse a sua existência. Graças ao meu blogue já consegui entrar em contacto com alguns antigos colegas do tempo do serviço militar e outros, que embora não tenha conhecido durante esse período, posso agora e apesar de não os conhecer pessoalmente, considerá-los como verdadeiros amigos.

Um desses amigos é o antigo Cabo de Manobra, Eduardo Camilo, que esteve muitos anos ao serviço da Marinha e que conheci graças aos comentários no meu artigo “O Fim do Grupo nº 1 de Escolas da Armada”.

Muitos outros antigos marinheiros por aqui têm passado e deixado bem vincada a sua saudade e a sua mágoa pelo encerramento daquele Unidade da Marinha, alguns deixando o seu contacto na esperança de encontrar antigos camaradas da Marinha, historicamente conhecidos como “Filhos da Escola”.

Creio que não existe nenhum antigo marinheiro, que não nutra por essa fase da sua vida um sentimento de saudade. Muitos, entre os quais me incluo, apenas lá estiveram durante o tempo de serviço militar obrigatório, o que não impede que sintam enorme nostalgia por esse período glorioso da juventude e de um modo geral por tudo o que lá viveram.

Alguns sentem a necessidade de extravasar os seus sentimentos de algum modo; eu faço isso escrevendo, outros pesquisando e participando em fóruns e redes sociais; o Cabo Camilo faz tudo isso e ainda pinta quadros tendo como tema o mar, que são autênticas obras de arte. Nos seus trabalhos o Camilo extravasa todo o seu amor pelo mar e pelos navios e também o seu grande talento:

Costa de Cabo Verde

Portinho da Arrábida
Barra de Setúbal

Vila de Constância: o Tejo e o Zêzere

NRP "Velas"


Estas são algumas das obras do Cabo Camilo. Tem mais trabalhos já concluídos e outros em execução, que publicarei num próximo artigo.

Como reconhecimento pela sua importante colaboração no meu blogue, rabisquei este poema em sua honra, ciente da pobreza das palavras perante o seu grande talento.
O MAR IMENSO

Mar, mar imenso…
Azul e profundo.
As tuas águas são lágrimas de incenso,
São nostalgia, saudades do mundo.

És verso de poetas,
Tela de pintor.
És horizonte de muitas metas,
Palco de lutas, suor e dor.

És a estrada de um país,
Que venceu o medo, derrotou Adamastor.
És a esperança feliz,
De um povo sofredor.

Percurso longo, imenso mar…
Navios de madeira e homens de aço
Um lindo sonho que é bom recordar,
Ligar o mundo, uni-lo num abraço.

Quantos mistérios não desvendados
Tens ainda para mostrar?
Apesar dos olhos cansados
Meus quadros vou pintar.

Leia também: "Filhos da Escola de Janeiro de 1970", um artigo do Cabo Camilo.

Comentários

  1. São palavras de grande valor dada a sua intenção em homenagear seu amigo, parabéns!
    Lindos quadros, em particular aprecie muito esse último intitulado " Velas ".

    Boa semana J. Alexandre!

    ResponderExcluir
  2. Amigo José e Filho da Escola.
    Realmente a Marinha foi uma escola extraordinário. As pinturas são uma maravilha. E como prova dessa escola, aqui estamos nós, uns pintores, outros poetas, outros que não tendo essa veia, são de certo gente de bem.
    Um grande abraço para o Cabo Camilo, que não tenho o prazer de conhecer mas gostava.
    Um abraço para o amigo José.
    Victor Gil

    ResponderExcluir
  3. Oh! Amigo Victor Gil:
    Estas palavras vindas de um grande poeta como é o amigo Victor, deixam-me muito feliz e cheio de orgulho. Por mim e pelo nosso amigo Camilo o meu muito obrigado.
    Um grande abraço e fica a saber que já tinha saudades da tua presença no blogue!
    José Alexandre

    ResponderExcluir
  4. Meus Caros Amigos
    Se existem momentos na vida em que por uma razão ou outra ficamos sem palavras, este é um deles.
    Os vossos comentários comoveram-me de tal modo que não encontro forma de expressar o que sinto.
    Apenas acho que não sou merecedor de tanto elogio.
    O que faço, e faço-o desinteressadamente, é o meu singelo contributo para os meus amigos que um dia envergaram o mais belo uniforme deste país, tal como eu o usei e que muito honrámos.
    Sinto-me imensamente honrado e feliz por o amigo José Alexandre ter tido a gentileza de exibir as minhas "pinturas" no seu blogue.
    É para mim uma grande responsabilidade tal postagem, tendo em conta a larga difusão do seu blogue que é visionado nos quatro cantos do mundo e certamente apreciado por críticos de arte.
    Fazendo minhas as suas palavras,é para mim também uma honra enorme que do fundo do coração agradeço, o poema que me foi dedicado, revelando neste campo grande talento da sua parte em contraste com a pobreza das minhas pinturas.
    É assim que está correcto.
    Aos amigos que visitam o seu blogue deixo uma máxima muito antiga da nossa terra: -os amigos do meu amigo, meus amigos são.
    Assim sendo, estou certo que mais dia menos dia nos encontraremos todos por aí algures numa confraternização amistosa como é apanágio dos Filhos da Escola.
    Até lá, o meu muito obrigado ao grande Amigo Alexandre ao qual desejo as maiores felicidades para o seu Nobre Blogue que é já um êxito, reiterando aqui todo o meu apoio para o que necessário fôr.
    Um grande abraço
    Eduardo Camilo

    ResponderExcluir
  5. Camaradas e Amigos
    Diáriamente (sempre que possivél) ao navegar na internet,rumamos aos "portos" amigos.
    Neste "porto" além de informação sobre Marinha,temos informação profissional,inventos do Camarada e Amigo Alex,que ainda nos brinda com paisagens e localidades serranas.
    Mas sobre a Marinha,o Camarada e Amigo Alex,explane as suas saudades,que nos contagia e em memória revemos outros continentes e os velhos navios onde navegamos.
    Hoje,porque ontem estive ausente,ao chegar a este "porto" foi com satisfação que vi as obras do nosso Camarada e Amigo Eduardo Camilo expostas.
    Já tive a oportunidade de lhe dar os parabéns pelas suas obras de pintura,mas não lhe tinha dado os parabéns pela sua construção naval em miniatura,Parabéns Amigo Camilo.
    Pretendia também deixar aqui expresso os parabéns ao Amigo Alex,mas vou ter de Aguardar que as suas pintura em tela sejam expostas neste "porto"
    A A ambos meus amigos,um abraço
    Moleiro

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde amigo António Moleiro
    Obrigado Amigo, pelas suas palavras.
    A colocação na Net das minhas construções navais miniatura devem-se ao amigo José Alexandre.
    A seu pedido vou periódicamente colocando as imagens alternadas com pinturas e outros temas.
    Só não o faço directamente neste blogue porque não o sei fazer, mas isso não será problema, pois o amigo Alexandre sabe onde as ir buscar, e é com muita alegria que as vejo aqui.
    Assim como no blogue do amigo Moleiro, do qual eu tive muita pena que terminasse, como já tive oportunidade de lhe dizer.
    Mas quando navegamos e chegamos a um porto, nem sempre está disponível o molhe que queremos, e dessa forma atracamos noutro cais, onde os nossos amigos também nos esperam.
    Um abraço a ambos
    Camilo

    ResponderExcluir
  7. Meus amigos:
    Agradeço imenso as vossas palavras de apreço pelo blogue, mas a verdade é que sem a vossa participação ele não seria nada. Tem-me dado muito trabalho mas é gratificante saber que agrada a muitos leitores e a vocês principalmente, porque são especiais!
    Irei continuar com todo o gosto a divulgar as obras do amigo Camilo e de outros amigos que queiram aqui postar alguma coisa. O blogue é que fica a ganhar e com a vossa ajuda ele será um sucesso!
    Muito obrigado e um grande abraço a todos.
    José Alexandre

    ResponderExcluir

Postar um comentário