Mata Nacional de Vale de Canas


Os eucaliptos gigantes de Vale de Canas.

Na Mata Nacional de Vale de Canas, existem vários eucaliptos de grande porte e, segundo se diz, um deles será mesmo o mais alto da Europa, com cerca de 74 metros.

Um painel informativo no local chama a atenção para isso e, de facto, já tinha antes reparado na imponência dessas árvores. Infelizmente, também notei agora que algumas, senão todas essas árvores, apresentam sinais de que talvez não estejam de muito boa saúde, sinais que são dados pela anormal proliferação de rebentos ao longo de todo o seu tronco. Pelo que tenho observado, isso sucede quando passa o fogo por estas árvores e embora não aparentem ser imediatamente afetadas, mas tarde isso pode acontecer.

Em 2005 um grande incêndio lavrou em toda esta zona e provavelmente será devido a essa catástrofe que os eucaliptos se encontram naquela situação. Muitas outras árvores de grande porte já foram abatidas, conforme é visível pelos cepos que ali se encontram e possivelmente pelo mesmo motivo.

Mas, na Mata Nacional de Vale de Canas, há outras espécies de árvores e muitas coisas para ver. Ali existe um circuito de manutenção com razoáveis condições e seria previsível que, a um domingo de manhã, muitos desportistas de fim de semana por ali andassem, mas, estranhamente, a verdade é que não se via ninguém. Esse aparente abandono contrasta em absoluto com o que se passa na Mata Nacional do Choupal onde milhares de pessoas praticam o seu desporto de manutenção. Naturalmente, no “pulmão da cidade”, como essa mata é conhecida, as condições serão ainda melhores e por isso é a preferida dos amantes do desporto e da natureza.



Parque de merenda e casinha com cobertura em lousas de xisto.

No meio do arvoredo de Vale de Canas, existe um parque de merendas, com muitas mesas e uma casinha toda construída em pedra, onde até a cobertura não é composta por telhas, mas sim feita com lousas de xisto. Este edifício é chamado de Casa do Fogo e o telhado, semelhante ao das antigas casas de xisto das aldeias serranas é muito interessante, tendo podido constatar que é completamente impermeável, pois junto às ripas e barrotes, por debaixo das lousas, não se vê qualquer indício de humidade apesar de ter chovido abundantemente nos últimos dias.

E há também a “Estação Ferroviária de Vale de Canas”. Mas que ninguém conte poder ir até lá sobre carris, porque apesar de lá estar um comboio parado, trata-se apenas de uma engraçada construção em toros de madeira, que adiciona à paisagem do local uma infantil e agradável visão. 



"Estação ferroviária" de Vale de Canas.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário :

Postar um comentário