TRITURAR FAVAS

Este ano voltei a fazer uma boa colheita de favas, em verde. Congelei uma quantidade razoável para ir consumindo durante o ano e ainda ficaram muitas vagens nas faveiras que irei colher mais tarde, quando estiverem secas. Algumas dessas favas irão ser utilizadas na próxima sementeira, mas ainda irá restar uma grande quantidade, tal como aconteceu o ano passado, das quais ainda tenho guardados vários quilos.

Estive a pensar sobre o que poderia fazer a essas favas e, então, lembrei-me que poderia experimentar triturá-las na minha máquina e incluí-las na alimentação das galinhas, se elas as comessem, claro…
As favas são um produto da terra que, para além das suas ótimas propriedades alimentares, que são sobejamente conhecidas, não dão muito trabalho, nem grande despesa. Basta preparar o terreno cavando ou fresando com motocultivador, juntar algum estrume, se o houver, colocar as sementes na terra e esperar alguns meses para as saborear. Pelo meio poderá ser necessário sachar ou arrancar algumas ervas e mais nada. Por tudo isso acho que as favas em farinha, para alimentação de aves, poderia ter vantagens sobre alguns cereais, como o milho, por exemplo, cuja cultura fica bem mais cara e mais trabalhosa do que as favas.

A trituração correu bem, mas, infelizmente, as galinhas não parecem querer colaborar com condicionantes económicos e preferem outro tipo de alimentos, mandando o dono à fava. Se tiverem paciência para assistir ao vídeo poderão ver como tudo se passou. 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário :

Postar um comentário