CONSTRUÇÃO DE CASAS COM FARDOS DE PALHA

Uma casa de fardos de palha em construção.
https://commons.wikimedia.org/wiki/File%3ANicole's_straw_bale_beginnings.jpg
Casas construídas com fardos de palha “Straw-bale” são edifícios em que são utilizados fardos de palha (normalmente palha de trigo, arroz, centeio e aveia) como elementos estruturais, isolamento de edifícios, ou em ambos os casos. Pesquisas mostraram que a edificação com fardos de palha é um método sustentável para construir, do ponto de vista dos materiais e da energia necessária para aquecimento e arrefecimento.

Algumas das vantagens da construção com fardos de palha, em relação aos sistemas de construção convencionais, são a natureza renovável da palha, o baixo custo, a fácil disponibilidade, o retardamento natural do fogo e o alto valor de isolamento. As desvantagens são, entre outras, a susceptibilidade ao apodrecimento, a dificuldade em obter cobertura de seguro e os altos requisitos de espaço para a própria palha.

História

Casas de palha foram construídas nas planícies africanas desde a Era Paleolítica. Os fardos de palha foram usados em construções na Alemanha há 400 anos atrás e no norte da Europa e Ásia têm sido utilizados telhados de palha em habitações. No Novo Mundo, os teepees foram isolados no inverno com palha solta entre o forro interior e a cobertura externa.
Casa de palha em construção no século XIX.

A construção com fardos de palha foi muito facilitada pela enfardadeira mecânica, que foi inventada na década de 1850 e foi difundida na década de 1890. Essa máquina revelou-se particularmente útil em Sandhills, uma região no centro norte do estado de Nebraska. Os pioneiros que procuravam terras sob a Lei Homestead de 1862 e a Lei Kinkaid de 1904 foram confrontados com a escassez de árvores em grande parte de Nebraska. Em muitas partes do estado, o solo era adequado para a construção de casas de gramado, no entanto, nos Sandhills, o solo geralmente era pobre e nos poucos lugares onde se podia encontrar grama adequada, ela era mais valiosa para a agricultura do que como material de construção.


(A Lei da Propriedade Rural (em inglês, Homestead Act) foi uma lei dos Estados Unidos da América criada pelo presidente Abraham Lincoln no dia 20 de maio de 1862.

Muitos imigrantes europeus fizeram parte da ocupação dos baldios no oeste americano contribuindo para a conquista do oeste. Para atrair imigrantes, o governo norte-americano decretou em 1822 o “Homestead Act”, uma lei que definia a posse de uma propriedade com 160 hectares a quem a cultivasse por cinco anos. Essa lei fez aumentar muito o fluxo de imigrantes europeus para os Estados Unidos da América.

Em 1904 é feita uma emenda à Lei Homestead, conhecida por Lei Kinkaid, que alterava a quantidade da área a ser reclamada por pioneiros em 37 condados no estado de Nebraska. Essa lei foi assinada pelo presidente Theodore Roosevelt em 28 de abril de 1904 e entrou em vigor em 28 de junho do mesmo ano.)

O primeiro uso documentado de fardos de palha em construções no Nebraska foi uma escola construída em 1896 ou 1897. Não era protegida por estuque ou gesso tendo sido relatado que, em 1902, foi comida por vacas. Para combater esse problema, os construtores começaram a usar reboco nas suas estruturas de fardos. Se, no local da construção, o cimento ou cal não estava disponível, utilizava-se lama. Entre 1896 e 1945, um número estimado de 70 edifícios de palha de fardos, incluindo casas, edifícios agrícolas, igrejas, escolas, escritórios e supermercados tinha sido construído em Sandhills. Em 1990, sobreviviam ainda nove edifícios de fardos em Arthur e Logan Counties, incluindo o Pilgrim Holiness Church, na aldeia de Arthur, construído em 1928 e que se encontra listado no Registo Nacional de Lugares Históricos.

 Igreja Santidade Peregrina em Arthur, Nebraska; Esta igreja foi construída em palha embalada, em 1928. Encontra-se  listada no Registo Nacional de Lugares Históricos dos E.U.A.
https://commons.wikimedia.org/wiki/File%3AArthur_Pilgrim_Holiness_Church_from_NW.JPG

Desde a década de 1990, a construção com fardos de palha foi substancialmente incrementada, particularmente na América do Norte, Europa e Austrália. Contudo, a construção de fardos de palha tem enfrentado problemas relativos aos códigos de construção, dependendo da localização dos edifícios.


Vista exterior da biblioteca de fardos de palha em Mattawa, Washington, construída em 2002.
https://commons.wikimedia.org/wiki/File%3AMatawa_Straw_Bale_Library_IMG_1443.JPG


Métodos da construção com palha

A construção com fardos de palha normalmente consiste em empilhar fileiras de fardos sobre uma fundação, com uma barreira de humidade ou quebra de capilaridade entre os fardos e sua plataforma de apoio. Existem dois tipos de fardos de palha vulgarmente utilizados, uns que são ligados com duas cordas e outros com três, sendo que o fardo de três cordas é o maior em todas as três dimensões. As paredes de fardos podem ser amarradas com pinos de bambu ou madeira ou ainda com malhas de arame de superfície sendo, em seguida, estucadas com um preparado à base de cal, ou rebocadas com uma massa de terra ou argila. Os fardos podem realmente proporcionar o suporte estrutural para a construção em carga ou com a técnica “estilo Nebraska”, como foi o caso nos exemplos originais do final do século XIX. O conjunto de fardos em gesso também pode ser projetado para fornecer apoio lateral e de cisalhamento para cargas de vento e sísmicas.


Em alternativa, a inclusão de uma estrutura esquelética de madeira ou metal permite a montagem de um telhado antes de levantar os fardos, o que pode proteger a parede de fardos durante a construção, quando ela é mais vulnerável a danos causados pela água, em qualquer clima. Pode também ser utilizada uma combinação de técnicas de enquadramento e de suporte de carga, referida como construção de fardo de palha híbrida.

Os fardos de palha também pode ser utilizados em estruturas de parede em que, quando reforçados com uma armadura, lhes é aplicada uma membrana de concreto projetado, sendo assim usados como cofragem e isolamento, ficando a camada de concreto a fornecer a estrutura sísmica  de reforço e  anti-fogo. 

Uma casa de palha em construção em que os fardos suportam a carga da estrutura.

Neste edifício foi feita uma estrutura em madeira que suporta os pisos e a cobertura.
https://commons.wikimedia.org/wiki/File%3AStraw_Bale_House.jpg

Trabalhos de reboco numa construção de fardos de palha.
Vista do interior de uma casa de palha.
https://commons.wikimedia.org/wiki/File%3AMaison_Paille-Tech%2C_int%C3%A9rieur.jpg

Tipicamente os fardos de palha produzidos em fazendas, com máquinas de enfardamento, têm sido utilizados nas construções, mas recentemente fardos de alta densidade, pré-compactados, estão aumentando as cargas que podem ser suportadas. Os fardos produzidos no campo podem suportar cerca de 900 kg por metro linear de parede, mas os fardos de alta densidade suportam até 6000 kg por metro linear de parede e até mais. O método básico de construção com fardos de palha vem agora cada vez mais a ser alargado a módulos ligados com outros materiais, frequentemente reciclados, como pneus, papelão, papel, plástico, e carpetes usadas. A técnica também foi estendida para sacos contendo "fardos" de aparas de madeira ou casca de arroz.

Propriedades térmicas

Os fardos de palha comprimidos têm uma vasta gama de R-valores documentados. R-valor é uma medida da qualidade de materiais isolantes, quanto maior o número maior é o isolamento. O valor de R relatado varia de 17-55 (em unidades americanas) ou 3-9.6 (em SI). As paredes de fardos são tipicamente revestidas com uma espessa camada de gesso, que proporciona uma massa térmica bem distribuída, ativa num ciclo de curto prazo (diurno). A combinação de isolamento e massa fornecem uma excelente plataforma para os projeto de construção solar passiva tanto no inverno como no verão.

Grandes projetos de construção com palha

Os fardos de palha também têm sido utilizados em edifícios de alto desempenho em eficiência energética, que atendem o padrão de energia Passivhaus (casa passiva), um rigoroso padrão para a eficiência energética de um edifício. 

Edifício do Centro Veronica Hostětín em Hostětín (República Checa), quando se encontrava em construção. Este edifício foi isolado com fardos de palha, cumprindo a norma de casa passiva. A sua construção foi concluída em  em 2006.
https://commons.wikimedia.org/wiki/File%3AHostetin_veronica_slama_baliky.jpg

O S-House, na Áustria, é um centro de recursos renováveis e tecnologias sustentáveis e, naturalmente, um edifício de alto desempenho em eficiência energética. 

Este hotel de cinco estrelas, construído com fardos de palha, situa-se na África do Sul. O Didimala Game Lodge possui 20 quartos, uma sala de reuniões e um cinema subterrâneo. Já abrigou personalidades como Nelson Mandela e Tony Blair, desde que abriu em 2005.


The Maya Boutique Hotel é um edifício construído com fardos de palha, cuja eficiência energética excede os requisitos da norma de casas passivas. Na sua construção foram utilizadas 55 toneladas de palha e 95 toneladas de madeira.  
Situa-se nos Alpes suíços, na pequena aldeia de Nax Mont-Noble e é o primeiro hotel da Europa construído com fardos de palha.
O Harrison House, em Joshua Tree, uma zona desértica da Califórnia, foi projetado para suportar as altas cargas sísmicas dessa região usando apenas o conjunto que consiste em fardos, ripas e gesso.
O compositor  Lou Harrison buscou um retiro em Joshua Tree que lhe iria fornecer acústica de superior qualidade para o seu trabalho. Esta construção, reflete também as suas preocupações  com o meio ambiente.



Comentários

  1. A ideia parece-me boa mas como o senhor mesmo diz os fardos de palha ocupam muito espaço. Além disso parece-me que o mais caro não é o material necessário para preencher as paredes e sim toda a estrutura da casa... Por isso no meu caso optei por comprar um contentor com 6x2,50 m (que custou 1.400 euros) e mais tarde estou a pensar comprar uma casa de madeira que custa uns 27 mil euros. Acho muito caro mas não estou a ver nada mais em conta que ofereça a mesma qualidade...

    Podem ver o meu contentor no meu blogue
    http://zed22.com/aminhaquinta/

    ResponderExcluir

Postar um comentário